• Adriana Tanese Nogueira

A VERDADE, A MENTIRA, A CURA

A lenda quer que um dia a Verdade e a Mentira cruzaram o caminho.


- Bom dia, disse a mentira.

- Bom dia, respondeu a verdade.

- Que belo dia, disse a mentira.

A verdade deu uma olhada para fora para conferir se era verdade. E era.

- Belo dia, disse então a verdade.

- O lago está ainda mais bonito, respondeu a mentira.

A verdade olhou para o lago e viu que a mentira dizia a verdade e fez sim com a cabeça.

A mentira então disse:

- A água é ainda mais bonita. Vamos nadar.

A verdade passou os dedos na água e ela estava realmente muito bonita e confiou na mentira.

Ambas se despiram e nadaram tranquilas.


Um tempo depois, a mentira saiu da água, se vestiu com as roupas da verdade e foi embora.

A verdade, incapaz de vestir as roupas da mentira, começou a caminhar sem roupa e todos ficaram horrorizados de vê-la assim.


Este é como ainda hoje as pessoas preferem aceitar a mentira camuflada de verdade do que a verdade nua.


Do mundo das aparências e da manipulação das imagens como o que vivemos, a verdade, sendo nua, singela e modesta, apavora as mentes viciadas em fantasia e fingidas complexidades.


Nem mesmo terapias e espiritualidade nos salvam. A moda generalizada consiste basicamente em evitar a verdade porque esta é embaraçosa. Sua nudez mostra a nossa com impiedosa clareza.


Se por um lado estamos diante de uma busca coletiva por autodesenvolvimento e autoconhecimento, por outro essa busca é sabotada pelo medo indizível e disfarçado de passar pelo espelho antes. Assim, temos terapias de todo tipo que oferecem curas rápidas e milagrosas, insights inspiradores, respostas certeiras e “transformação do mal”, qualquer que seja. E, para encurtar o caminho do real desenvolvimento individual que implicaria estudo, experiência, reflexão crítica, questionamento e mais estudo, experiência, reflexão crítica e questionamento, se apela a revelações que vêm “de cima”, ou que sabe “de dentro”, de algum lugar desconhecido e que se quer manter assim.


E também há as “práticas espirituais”, como yoga e meditação. Estas são excelentes ferrramentas se não fossem usadas muitas vezes para barrar a verdade de se manifestar. Protegidos em nosso “mezanino espiritual” não somos afetados pelas profundidades turbulentas de nosso ser... Ou assim queremos acreditas... E o que era para ser uma evolução espiritual vira uma armadilha fantasiosa.


As religiões por sua vez, certas de suas verdades implacáveis, inquestionáveis e absolutas estão supostamente protegidas da mentira... Bom para quem acredita estar além de questionamentos, ter superado a condição humana, contraditória e essencialmente impura.

Diante desse maravilhoso novo mundo de revelações de entidades, de terapias realizadas por formações de quatro finais de semana (ou menos), de crenças religiosas e práticas espirituais elevadas, nos resta perguntar: como é que o mundo está a porcaria que está? Como é que tem tanta injustiça, sofrimento, confusão mental, ignorância e ódio?


A pessoa pode crer estar certa e estar no caminho certo, mas assim como seu corpo e suas relações íntimas, assim o mundo à sua volta conta outras verdades. Viciados em fantasias coloridas e acovardados pela constante fuga de nossas verdades, não temos forças para dar uma olhada no real. Preferimos quartos disneyanos mentais onde nos sentimos protegidos.


Doenças, conflitos relacionais com filhos e parceiros, angústia, depressão, abuso de medicamentos e psicotrópicos, preconceitos, raivas, ódios, solidão, dúvidas desgastantes: continuarão a afligir os humanos.


Os atalhos espirituais e pseudo-terapêuticos servem somente a adiar o processo de cura porque a cura é amiga da verdade e esta exige a nudez total.



Adriana Tanese Nogueira - Psicanalista, filósofa, life coach, terapeuta transpessoal, intérprete de sonhos, terapeuta Florais de Bach, autora, educadora perinatal, fundadora da ONG Amigas do Parto, do Instituto de ensino à distância Ser e Saber Consciente e do ConsciousnessBoca.com em Boca Raton, FL-USA. +1-561-3055321



Pintura de Jean-Léon Gerôme

"A verdade sai do poço", 1896.

5 visualizações

Nota a alunos e interessados: Informamos que todas as mensagens recebidas via WhatsApp e e-mail serão respondidas dentro de 48 horas úteis. Mensagens recebidas no final de semana serão respondidas na segunda feira. Lembramos que o nosso horario de atendimento é de segunda a sexta das 9:00 às 19:00 de Brasília.

Desde já agradecemos pela compreensão.

 

Diretoria

Instituto InternacionalAella - Ser&Saber Consciente

AELLA - Instituto Internacional Ser&Saber Consciente

Empresa mantenedora: Consciousness Boca

Registration Number: G12000071316. Desde 17/07/2012

Endereço: 3200 N Federal Hwy 206-19. Boca Raton, FL 33431 - USA

Email: info@institutossc.com

Celular/WhatsApp: + 55 11 9 6020 7474 (Cláudia)

Responsável: Adriana Tanese Nogueira

  • YouTube - Black Circle
  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black