• Adriana Tanese Nogueira

EXORCIZAR OS MEDOS E PESADÊLOS DAS CRIANÇAS COM HISTÓRIAS

Crianças têm pesadelos, todos sabemos. O adulto achando-se sabido responde, “É a idade.” Mas o que isso realmente significa? Por que nessa idade os seres humanos teriam pesadelos?


Como vemos há respostas que não explicam o que deveriam esclarecer. Enquanto isso as crianças continuam tendo pesadelos e tentar consolá-las dizendo que “não é nada”, não serve para nada. Se acalmar na hora é aparência, o problema voltará. Ensinar a criança a racionalizar não ajuda a sustentar a força das emoções que emergem durante o sono.


O que acontece então com as crianças? Em primeiro lugar, a criança está se deparando com conteúdos avassaladores vindos do inconsciente. Não sabemos lidar com o que não conhecemos, e assim temos medo. A intensidade do que sente está diretamente relacionado ao que ela carrega dentro e com o qual precisa aprender a se relacionar. A qualidade do desenvolvimento do Eu da criança dependerá da qualidade de sua relação com o seu mundo subjetivo.


Só que a criança não possui o arcabouço conceitual do adulto, então como ela vai fazer para “entender”, “decodificar” o que está acontecendo com ela? Pelos contos e histórias.


Desde muitos séculos, os contos de fada têm a função de ajudar a criança a enfrentar e organizar emocionalmente seus conteúdos inconscientes. Nem sempre se trata somente de emoções, podem ser perguntas embrionias de ordem existencial que ela mal conseguiria formular, mas que afloram à consciência, deixando-a insegura. Eis aqui a mais importante função da literatura infantil.


Em segundo lugar, a criança está inserida num ambiente emocionalmente carregado. Ela sente tudo o que os pais vivenciam dentro de si. Absorve suas frustrações, percebe suas tensões, pressente suas agonias. Como ela não tem como entender contextos e causas, as emoções se fazem ainda mais assustadoras, aumentando a embaraço de seus conteúdos inconscientes.


Ofereça a esta criança literatura de qualidade, mas não a use para explicar o real, muito pelo contrário. Para ter efeito, as histórias e os contos de fada devem permanecer em seu mundo simbólico. Evitemos racionalizar com as crianças pois assim estaremos corrompendo o desenvolvimento daquela inteligência emocional que está na base do adulto equilibrado.


Os contos de fada – os originais, não os da Disney – e as boas histórias infantis contribuem fortemente para o crescimento emocional da criança, sendo um instrumento educacional indispensável na didática familiar e escolar. Através deles a criança aprende a se conhecer e a identificar e nomear aquelas emoções que a acometem. Não só, lhe oferecem a possibilidade de indiretamente refletir sobre modelos de comportamento, reações e consequências.


O conto funciona tão bem com as crianças porque comunica com ela pelo pensamento mágico no qual ela está imersa. Este mundo da imaginação, para que não seja mutilado da criança com graves consequências para seu desenvolvimento cognitivo, tem que ser abordado pela linguagem do qual é feito: imagens, símbolos, metáforas, alegorias. Esta linguagem trabalha na psique da criança ajudando-a a se organizar internamente e ase orientar no mundo, promovendo sua criatividade e flexibilidade mental.


Neste Natal, portanto, deem bons livros para as crianças e depois os leiam com elas, com calma, atenção, tempo. Leiam e entrem nas histórias com elas. Estejam com elas, observem suas reações, notem o que mexe com elas, percebam as pequenas reações em seu rosto e linguagem corporal. E, permanecendo nas histórias, reflitam com ela, como quem não quer nada, assim de graça, pelo prazer da coisa, sem nenhuma outra intenção a não ser a elaboração de um conto que traz emoções. Fica a dica! Deem histórias, não coisas, para o desenvolvimento das crianças, para que se tornem adultos mentalmente abertos e emocionalmente centrados.



Adriana Tanese Nogueira - Psicanalista, filósofa, life coach, terapeuta transpessoal, intérprete de sonhos, terapeuta Florais de Bach, autora, educadora perinatal, fundadora da ONG Amigas do Parto (www.asmigasdoparto.org), do AELLA - Instituto Internacional Ser&Saber Consciente (www.institutossc.com) e do ConsciousnessBoca.com em Boca Raton, FL-USA. +1-561-3055321



19 visualizações

Nota a alunos e interessados: Informamos que todas as mensagens recebidas via WhatsApp e e-mail serão respondidas dentro de 48 horas úteis. Mensagens recebidas no final de semana serão respondidas na segunda feira. Lembramos que o nosso horario de atendimento é de segunda a sexta das 9:00 às 19:00 de Brasília.

Desde já agradecemos pela compreensão.

 

Diretoria

Instituto InternacionalAella - Ser&Saber Consciente

AELLA - Instituto Internacional Ser&Saber Consciente

Empresa mantenedora: Consciousness Boca

Registration Number: G12000071316. Desde 17/07/2012

Endereço: 3200 N Federal Hwy 206-19. Boca Raton, FL 33431 - USA

Email: info@institutossc.com

Celular/WhatsApp: + 55 11 9 6020 7474 (Cláudia)

Responsável: Adriana Tanese Nogueira

  • YouTube - Black Circle
  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black