• Adriana Tanese Nogueira

INSÔNIA E A ENTREGA A NÓS MESMOS

Poder adormecer quando estamos cansados e depor o peso que se carregou por tanto tempo é uma delícia, um fato maravilhoso.

Hermann Hesse

Uma boa noite de sono é para muitos um luxo. Saber o quanto é importante dormir bem para a saúde física e mental só piora a situação quando você está deitado na cama se esforçando para dormir, bem sabendo que não tem como se “forçar” a dormir! Pois é, o sono é uma daquelas coisas que acontece, é um mergulho suave no mundo dos sonhos.

Motivos para não dormir:

· Ansiedade com relação ao futuro, pode ser vaga ou específica.

· Preocupações relacionadas ao trabalho ou à família.

· Excesso de cansaço e/ou de estímulos

· Não se consegue dormir e não se sabe o porquê.

A ansiedade, também chamada de transtorno de ansiedade generalizada é um sintoma muito comum hoje em dia. Assume a conotação de uma condição geral do organismo que se encontra em estado de alerta sem conseguir voltar ao estado de calma. Ocorre por vários motivos, mas é sempre o resultado de um desequilíbrio de longo prazo. Não se chega a esta condição em poucos dias. Na sua origem, há geralmente um ou mais traumas. Os traumas podem ser devidos a ocorrências particulares ou a uma realidade de vida que leva à ansiedade (por exemplo, viver numa casa de alcoólico, onde há violência, comportamentos imprevisíveis e assustadores que nos fazem sentir constantemente em perigo).

O sono é facilmente afetado porque nele estamos vulneráveis. Ao adormecer não podemos saber o que está acontecendo à nossa volta e muito menos podemos nos defender. Mesmo quando o perigo não é físico, ele é percebido como se o fosse pois afinal de conta somos um ser único, portanto todas as ameaças são vivenciadas como um ataque à nossa integridade.

Quando não dormimos por causa das preocupações do dia seguinte, de trabalhos a serem realizados ou de problemas de família, nosso pensamento acelerado (como na ansiedade) se une, à angústia de não dar conta, de não conseguir resolver. Nesse caso, uma boa noite de sono seria exatamente o que ajudaria, se somente conseguíssemos adormecer...

Tudo isso nos leva àquilo que chamamos de estresse, que no tempo nos induz a um nível de cansaço tamanho que chega a impedir o sono. Até para dormir é preciso estar menos cansados! Dormir requer a calma da mente, das emoções e o relaxamento do corpo. Um corpo que foi submetido a excesso de estímulos, de visuais a musculares, precisa passar por um período de desintoxicação antes de entrar no mundo dos sonhos. Entre os estímulos é importante citar computador e celular.

Por último tem aquela realidade na qual não se consegue dormir e não se sabe porquê, já que sono é que não falta. Aqui podemos encontrar uma salada do quanto dito acima mais uma perspectiva importante: quem dorme é a consciência. Quando o gato não está os ratos fazem a festa, não é assim que fala o ditado? O adormecer da consciência permite que outros conteúdos interiores possam emergir (geralmente, via sonho). “Conteúdos interiores” quer dizer: pensamentos, sentimentos, intuições... O outro lado das coisas e das verdades. A noite traz a voz interior à tona. O tempo que passa na transição entre a vigília e o sono é o momento da em que nos despojamos do dia. Estamos nus... E o que vemos? O que sentimos? Como nos sentimos de verdade. Nesse espaço nos demoramos, temerosos sem querer sentir de verdade, enxergar com clareza. Algo em nós pressente e “deixa tudo em suspenso”. Inclusive o sono.

Todo esse processo permanece inconsciente, a consciência não sabe de nada por isso fica se remexendo na cama tentando dormir. Mas na verdade há algo que nas sombras da noite está precisando emergir. Até não conseguir se manifestar e, portanto, ser integrado pela consciência continuará perturbando o sono, ou seja, o único momento em que estamos realmente a sós conosco.

O mundo onde se vive durante o sono é tão diferente que aqueles que têm dificuldade para pegar no sono estão antes de mais nada tentando sair do nosso mundo.

Marcel Proust

Adriana Tanese Nogueira - Psicanalista, filósofa, life coach, terapeuta transpessoal, intérprete de sonhos, terapeuta Florais de Bach, autora, educadora perinatal, fundadora da ONG Amigas do Parto (www.asmigasdoparto.org), do AELLA - Instituto Internacional Ser&Saber Consciente (www.institutossc.com) e do ConsciousnessBoca.com em Boca Raton, FL-USA. +1-561-3055321



17 visualizações

Nota a alunos e interessados: Informamos que todas as mensagens recebidas via WhatsApp e e-mail serão respondidas dentro de 48 horas úteis. Mensagens recebidas no final de semana serão respondidas na segunda feira. Lembramos que o nosso horario de atendimento é de segunda a sexta das 9:00 às 19:00 de Brasília.

Desde já agradecemos pela compreensão.

 

Diretoria

Instituto InternacionalAella - Ser&Saber Consciente

AELLA - Instituto Internacional Ser&Saber Consciente

Empresa mantenedora: Consciousness Boca

Registration Number: G12000071316. Desde 17/07/2012

Endereço: 3200 N Federal Hwy 206-19. Boca Raton, FL 33431 - USA

Email: info@institutossc.com

Celular/WhatsApp: + 55 11 9 6020 7474 (Cláudia)

Responsável: Adriana Tanese Nogueira

  • YouTube - Black Circle
  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black